Crise no Casamento por Causa de Dinheiro-Supere Isso

Olá no artigo de hoje, eu quero falar sobre como evitar que o mau uso do dinheiro acabe com o seu casamento. É comum que um casal priorize decisões que garantam o bem estar familiar no início da vida a dois como o custeio da casa própria, da aposentadoria, dos seguros e da educação dos filhos mas essa aparente ordem no planejamento das finanças pode rapidamente se tornar uma verdadeira ameaça à estabilidade da relação.

Quando um casal esgota seu orçamento por focar todos os seus rendimentos nessas decisões que podemos chamar de mais importantes, acaba se impondo limitações excessivas de gastos com lazer e bem estar.

Poupar, cuidados pessoais, viagens só se não acontecer nenhum imprevisto. Pode não parecer à primeira vista mas tem algo bastante errado nesse raciocínio. Planos feitos por cada um dos envolvidos na época em que ainda eram solteiros como investimento na carreira cuidados com o corpo, viagens e poupanças para objetivos individuais acabam limitados e anular a individualidade de cada um pode tornar a vida a dois um grande fardo.

Pense na frustração dos envolvidos que quando solteiros ambicionavam conhecer o mundo, fazer trabalho voluntário ou estar na moda e de repente não conseguem mais atingir nenhum desses objetivos por causa dos projetos familiares ou pense nos casais que fazem exatamente o contrário e tornam o casamento uma competição por conquistas ao focarem apenas nas suas escolhas individuais esquecendo do que os levou a começar uma vida juntos.

É por isso que o planejamento familiar tem que levar em consideração sempre o equilíbrio entre três tipos de objetivos ou os sonhos da família, os do marido e os da mulher. 😉 

Em um casamento  1+1 é =3, é preciso moderar o custo de vida para que as boas experiências do namoro continuem ao longo da vida do casal só assim é possível garantir bem estar e satisfação de ambas as partes, sensações que além da vida pessoal ajudam os envolvidos a ficarem mais motivados para trabalhar e consequentemente para crescer na carreira e ter mais renda disponível.

💡 Dois tipos de erros devem ser evitados!

Primeiro o do casal que só pensa no nós:

Nosso futuro, nossos filhos, nossa aposentadoria, nossa casa e acaba se esquecendo do EU, Eu gosto de viajar, você de curtir a casa, Eu gosto de estar com a família, você com os amigos, Eu gosto de praticar esportes você de cuidar do corpo ou de manter o guarda roupas sempre renovado.

Também deve ser evitado o comportamento do casal moderninho em que cada um cuida de seu dinheiro e só se consegue discutir o eu, Eu cuido do meu dinheiro, você do seu, Eu cuido do meu futuro você do seu, Eu gasto meu dinheiro como bem entender você também… Esse casal nunca consegue discutir sobre nosso filho, nosso futuro, nossas conquistas.

Em algum momento essa sociedade vai sentir que faltou uma construção conjunta. A melhor forma de consolidar e fortalecer o casamento é por meio do diálogo entre o casal para conseguir focar sempre nos três tipos de objetivos do planejamento financeiro familiar e assim fazer escolhas cada vez melhores com seus rendimentos.

Planos conjuntos mãos dadas para construir aos poucos os sonhos de um, do outro e dos dois para que ambos se sintam motivados e engajados nessa construção.

Essa escolha fortalece a relação e contribui para que seja para sempre com um sentimento recíproco de que um ajudou o outro a colher o melhor da vida.

E você Considera os aspectos individuais de cada um em seu planejamento familiar? Compartilhe sua experiência nos comentários desse post e compartilhe nas redes sociais para que outros casais não permita a crise no casamento por causa de dinheiro, forte abraço e sucesso!

Crise no Casamento por Causa de Dinheiro-Supere Isso
4.5 (90%) 4 votes

Comentários no Facebook

jovem
%d blogueiros gostam disto: