Porque homens casados procuram amantes? Reflexão!

homem-casado-procuram-amante

A Monogamia, quer seja no namoro ou no casamento, é o único tipo de interação sexual que toda a sociedade aceita abertamente e legalmente, embora a maioria dos homens e mulheres procuram ter um parceiro único, a infidelidade é uma prática comum, socialmente desaprovada e de certa forma generalizada. Então porquê homens casados procuram amantes se eles querem ter uma mulher só para si e construírem sua família? 😉

A Universidade de “Bath“, Reino Unido, publicou um estudo chamado  “A infidelidade e a monogamia entre os homens heterossexuais universitários”, focando a razão do porquê que eles traiam suas parceiros.

Dos 40 alunos entrevistados, todos com um parceiro estável e juntos a três meses, 26 deles tinha traído, de uma forma ou de outra, mas nenhum queria que a namorada descobrissem a traição e razão é sempre a mesma o medo da separação. Embora os entrevistados gostassem de seus parceiros, eles alegam ter traído apenas por questões sexuais, pois o desejo de possuir outras mulheres era presente na maioria deles.

O médico e professor inglês Eric Anderson, autor e escritor de livros relacionados monogamia e poligamia, acha que a monogamia não é natural, embora a maioria dos homens e mulheres podem viver neste estado por muito tempo, pois ele se baseia na existência natural e não na vontade social, ou seja muitas pessoas até gostam e vivem com outras pela imposição social e cultural mas seu libido existencial sempre a tenta recorrer por relação com terceiros.

A lacuna da monogamia

Anderson criou um conceito para definir um certo ponto no relacionamento onde o homem para de se sentir sexualmente satisfeito. De acordo com o autor britânico, a partir de seis meses de rotina sexual, ele passa a ser sexualmente insatisfeito, e a partir deste ponto, o homem procura ter relações sexuais com outras mulheres.

Acima de tudo o homem não quer perder a sua condição socialmente moral, pois suas relações extra conjugais são puramente para satisfazer seus prazeres e isso afeta a tensão psicológica no homem, pois ele entende que está traindo sua parceira como uma solução racional, em seguida vem a culpa pelo medo de ser descoberto.

A infidelidade pode ser uma das poucas coisas que permite eles sentirem culpa. E outra coisa, ele também acrescenta que homens que iniciam mais cedo a vida sexual, tendem a ser mais traidores, devido a oferta ilimitada de pornografia e libidinagem.

O casamento não serve como obstáculo à infidelidade.

A biologia do homem não muda quando ele coloca um anel de casamento no dedo. Os dados confirmam que a infidelidade é comum e generalizada. Veja estas estatísticas:

  • 41% das pessoas que traíram disseram que foi uma infidelidade emocional. Embora nada físico tenha acontecido, os cônjuges se sentiram traídos da mesma forma.
  • 35% dos que traíram admitiram ter feito isso durante uma viagem de negócios.
  • A definição de “somente uma aventura” não é precisa. Em média, essas “aventuras” duraram dois anos.
  • Um dado gritante: 17% disseram ter traído com cunhado ou cunhada.
  • 57% dos homens assumiram ter traído em uma ou mais relações ao longo de suas vidas amorosas.
  • 54% das mulheres também!
  • Mas quando se trata de casamento, a porcentagem de homens que trai ainda é maior que a das mulheres: 22% deles, contra 14% delas. (Fonte: Dicas de Mulher/Yahoo Shine)

Outro terapeuta renomado americano “M. Gary Neuman” conversou com 200 homens para tentar saber os reais motivos por trás da infidelidade masculina.

Conheça algumas descobertas publicadas na obra, que entrou para a prestigiada lista dos mais vendidos do New York Times:

Os sentimentos importam mesmo
De acordo com 48% dos homens entrevistados por Neuman, o principal motivo para uma traição é o descontentamento emocional e não sexual, como muitos podem pensar.

Corpo nem sempre é tudo
Somente 12% dos entrevistados disseram ter traído suas esposas com mulheres mais atraentes.

Me diz com quem tu andas…
Segundo o levantamento, 77% dos homens infiéis possuem amigos que também já traíram suas esposas. Para o especialista, essa convivência faz com que, inconscientemente, os homens encarem a infidelidade como algo aceitável.

de olho no trabalho.

40% dos entrevistados afirmaram ter conhecido “a outra” no escritório ou no trabalho. O especialista explica que um dos sinais que podem indicar perigo é se o seu marido falar mais sobre uma colega mulher do que sobre os homens com quem trabalha.

Culpa existe, mas não evita a traição
Apesar de dois terços dos entrevistados terem se mostrado arrependidos da traição, a culpa não é um fator determinante na hora de evitar a infidelidade. “Os homens conseguem barrar suas emoções para lidar com elas mais tarde”, justifica Neuman.

Se a infidelidade é comum, por que é tão mal vista?

Voltando ao Dr.Anderson, ele reforça que os homens que traem, se retratam como imaturos e degenerados com o psicológico alterado, mas que na realidade os homens que enganam estão apenas à procura de sexo, que é o que eles querem naturalmente. Se os homens são imorais por caminharem por esse erro então todos por sentença carregam a mesma culpa.

Então a monogamia está com os dias contados?

Apesar de expor esta critica em seu livro, Anderson afirma que a monogamia está longe de ser erradicada como a única forma socialmente aceitável das relações. Pois os valores morais e da família ainda é presente no conceito das pessoas hoje, fidelidade geral é essencial para um casal funcionar bem e ser feliz.

Ele acredita que monogamia não é prejudicial para a sociedade em geral, mas crer que a noção generalizada de que a única forma válida de relacionamento eficaz não nos faz mais feliz, ele só faz enganarmos a nós mesmos.

 

O homem é bom, o homem é espetacular!, forte abraço e sucesso, Marcos Vilela

Porque homens casados procuram amantes? Reflexão!
5 (100%) 5 votes

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: