Simpatia: A língua que Todos Entendem\o/

Simpatia: A língua que Todos Entendem\o/

A amabilidade genuína oferece uma enorme força àqueles que a possuem. A amabilidade autêntica vai além das boas maneiras e formalidades. Quando é verdade, reflete a consideração real e o respeito pelos outros. É a prova de um caráter cultivado e é especialmente uma chave que abre a maioria das portas.

Na verdade, bondade é uma linguagem que todos entendem. Esta não é uma linguagem que deve ser usada apenas em reuniões sociais, mas principalmente em circunstâncias difíceis ou com pessoas rudes. Praticamente todos os seres humanos são permeáveis ​​e vulneráveis ​​à força de uma atitude benevolente.

Às vezes confundimos amor com hipocrisia. Essa confusão é perceptível quando se mostra uma falsa consideração com os outros e assim evitando o conflito, preferindo ficar em silêncio, ou emprega eufemismos para todos. Essas atitudes não estão associadas à simpatia, mas sim ao cálculo e à manipulação. A amizade verdadeira reflete-se mais na linguagem corporal do que nos protocolos. Aqui estão as chaves para saber se uma amizade é autêntica ou não.

“A bondade é a linguagem que os surdos podem ouvir e os cegos podem ver. “

-Mark Twain-

Contato com os olhos e simpatia

O contato visual é um dos aspectos que podem detectar hostilidade e simpatia. Alguém que se recusa a olhar um para o outro nos olhos está rejeitando-o. Aquele que levanta o queixo para olhar para baixo ou sobre o ombro também é hostil.

Na linguagem da amabilidade, o olhar é espontâneo e qualitativo. Uma pessoa bondosa olha nos olhos quando a outra fala e dispersa os olhos quando é ela quem fala. É a técnica natural de expressão do olhar durante uma conversa normal. Assim, as pessoas se sentem confortáveis ​​e iguais.

Gestos de aceitação

Quando uma pessoa é realmente gentil, ela respeita as opiniões dos outros. Ela sabe ouvi-los e encontrar mérito nas palavras dos outros, mesmo quando eles não coincidem com seu ponto de vista. Para isso, é comum que ela use gestos de aprovação para seu interlocutor para dar ritmo à conversa.

Assentindo ou se curvando são expressões que encorajam o orador a continuar seu discurso. Isso facilita a expressão e diminui as barreiras que podem existir. O sorriso também é um gesto de aprovação e aceitação. Tudo isso ajuda a acalmar a atmosfera e tornar a conexão com o outro mais real.

O saldo na conversa

Apesar de todos sermos capazes de conversar, poucos são os que aproveitam essa “arte“. Quando a amabilidade está presente, compreende-se espontaneamente que deve existir um equilíbrio na interação. Sabemos que há um momento para falar e outro para ouvir. Esta é a única maneira de estabelecer comunicação bidirecional.

Monopolizar conversas ou focar em um assunto que não é de interesse comum é um fator na deterioração da comunicação. O ideal é sempre deixar a outra pessoa participar. Se não há sentido em impor ou afirmar-se; isso pode ser feito de maneira natural sem fazer nenhum esforço. Este é o caso quando se trata apenas de um dos interlocutores.

Adulação não é sinônimo de bondade

Há pessoas que adotam constantemente o papel de “hostes da vida”, não importa onde ou quando estão. Eles usam adulação para se comunicar com os outros. Eles usam com outras palavras e atitudes com uma aparência afetuosa. No entanto, eles usam esse comportamento em série, automaticamente, como a lenda de um livro que ajusta muito pouco à realidade de seus pensamentos. 

A simpatia não tem nada a ver com adulação. Reconhecer sinceramente os méritos ou sucessos do outro é uma coisa, mas “passar a mão na cabeça” é outra. Ser gentil é uma coisa e ser um orador, ou mostrar simpatia é outra coisa. Embora ela se adapte aos protocolos, se bondade não precisa de nada, é teatro. 

A bondade é uma das características mais conhecidas sendo avaliadas em testes de personalidade.

Todo comportamento humano, toda palavra, é melhor quando conduzido ou expresso com bondade. Se estivéssemos constantemente indo nessa direção, certamente poderíamos nos aproximar de momentos difíceis ou de relacionamentos com mais fluidez e inteligência. Vamos pensar que as vidas dos outros e das nossas sempre são melhores quando adicionamos um toque de amizade. 😉 

Simpatia: A língua que Todos Entendem\o/
4 (80%) 4 votes
Gostou do Artigo, Compartilhe com os Amigos!

Marcos Paulo Vilela

Nós do blog Eucontigo blog entendemos que para uma relação ser de qualidade e a longo prazo precisa de uma boa dose de amor e fidelidade mas acima de TUDO maturidade de ambos, nossa missão é promover um conteúdo que possa satisfazer os dois lado da laranja, um sentimento verdadeiro merece compreensão...

Comentários no Facebook

Fechar Menu